As fotografias sombrias e polêmicas de Joel-Peter Witkin

Joel-Peter Witkin para quem não conhece, é um fotógrafo americano, que nasceu em 1939.

Suas fotos causam polemicas no mundo todo por demonstrar diversas situações utilizando corpos (muitas vezes desmembrados) como peças de composição, e além disso, diferentes tipos de pessoas, o que incluí,  transexuais, hermafroditas, anões, gêmeos siameses, pessoas com deficiências físicas, entre outras .

Ao montar um cenário, ele procura retratar diversas pinturas famosas ao redor do mundo além de suas próprias composições , ao exibir através de um ponto de vista fetichista,  a vida, a morte, a dor, o corpo, a religião e os prazeres da sociedade.

Segundo ele próprio sua inspiração para seu trabalho veio de uma situação que lhe ocorreu quando era pequeno, que foi a de presenciar um acidente de carro, onde ele viu uma pequena garota ser decapitada.

E a grande razão pelo qual ele considera o seu trabalho como arte e porque dele utilizar esse meio de expressão, é por acreditar que isso é como “uma purificação individual e súplicas que serão oferecidas a Deus no altar divino quando ele morrer”.

Para quem se interessar ou tiver curiosidade sobre o trabalho dele, recomendo o livro Gods of Earth and Heaven, onde eu conheci esse obscuro artista/fotógrafo.

Os sites Joel-Peter Witkin – Tribute to a genius , Edelman Gallery – Joel-Peter Witkin onde possuem algumas das diversas fotografias dele.

Além do artigo sobre ele da  EuroArt Magazine, que fala mais sobre sua história e seus pensamentos.

E vocês leitores, o que vocês acham desse polêmico fotógrafo, e de suas fotografias e composições ? É arte? Ou não?