Comunicação com Curso de redação

Redação: Pelo que eu entendi, existe a tarifação convencional (residências e centros comerciais) e a tarifação horo-sazonal, que é para consumidores maiores.

Existe a tarifa horo-sazonal verde e a azul. Qualquer consumidor grande está obrigatoriamente dentro de uma delas. Importante citá-las. Ao escrever um texto qualquer, essas dicas são muito importantes.

Essa passagem coloca claramente o curso redacao dentro dos antigos costumes (antiga aula) que foram modificados com a nova aula. O livro de texto menciona que a nova aula é superior à antiga. Sobre o comer e beber, por exemplo, o texto diz para Pedro: “não chames de impuro o que o escritor purificou”. Isso revela que essas coisas foram MUDADAS.

Na primeira semana, fizemos um treinamento com as professoras, no qual elas nos orientavam e acompanhavam diretamente no atendimento aos alunos e com as rotinas da escola. Aprendemos a tirar os mapas mentais com frases prontas, a manusear o manual de escrita culta, a utilizar os programas de apoio a redação e avaliação ortográfica. Conhecemos as respectivas estagiárias preceptoras e fomos apresentadas às equipes que acompanharíamos.

A equipe na qual eu estagiei, assistia em média 6 a 8 alunos, com diferentes níveis de aprendizado. A equipe era composta pelo professor responsável, um linguista. Todos os dias o professor passava o round com a equipe, discutindo os casos e visitando os alunos. Eu acompanhava um a dois rounds por semana, na medida em que tinha disponibilidade. A participação no round foi muito interessante, aproveitei esses momentos para conhecer mais cada aluno, me inteirar quanto as estratégias utilizadas, principalmente quanto a conduta de leitura prescrita pelo professor de português.

Nos primeiros dias, demorei mais para realizar todas as tarefas e me habituar com a rotina. Mas na segunda semana já estava bem habituada e conseguindo realizar tranquilamente as tarefas. Sempre que senti alguma dificuldade consultava a professora ou a responsável pela argumentação e citação dos textos.

A maioria dos alunos que eu acompanhei nessa etapa de comunicação conseguiram evoluir. Algumas questões diferentes que pude acompanhar fizeram a diferença. Não tive nenhum caso que fosse muito complexo ou desafiador. Talvez um que exigisse um maior empenho e dedicação ao aluno foi de um menino que tinha quatro anos e não comia só pra chamar atenção da mãe. Tive que conversar bastante com ele, fazer uns combinados para que ele se alimentasse bem, pois vinha perdendo peso. Foi muito gratificante quando vi que ele aceitou os combinados e decidiu que ia se alimentar melhor e melhorar seu estudo de redação.

Creio que a instituição ofereceu recursos necessários para a realização do estágio. Tanto materiais e físicos, quanto do corpo de profissionais.

Universidade: contribui muito possibilitando um estágio de qualidade numa escola de referência e sempre disponibilizando professores na área para nos acompanhar.

Professor preceptor: sempre disponível para esclarecer as dúvidas e nos auxiliar nas dificuldades. Ela nos levava a pensar e questionar as condutas com os alunos, concordando ou não com as pedagogas, e isso creio que foi bem importante para nosso crescimento no estágio.

Aluna: no início senti um pouco mais de dificuldade até me habituar com toda rotina. Mas em pouco tempo já estava bem orientada e tranquila para realizar as tarefas. Empenhei-me bastante no trabalho que estava proposto e acredito ter desenvolvido um ótimo tempo de estágio.

Em que esta experiência contribuiu para sua formação profissional?

Essa experiência contribui grandemente para minha formação. Possibilitou-me conhecer mais dessa área, que eu não tinha ideia o quanto ficaria interessada e satisfeita. O estágio nessa área também cooperou para meu aprendizado na relação com o aluno e especificamente com os estudantes, por se tratar de questões preparatórias para vestibulares ou concursos.

Comentários, críticas e sugestões:

Pra mim foi a melhor área de estágio que passei. Não sabia que gostaria tanto assim da escola. Despertou-me um grande interesse em trabalhar nesta área futuramente.

Sugiro que essa área de estagio, se possível, possa ser realizada em mais tempo para os alunos poderem desenvolver bem essa atuação.

Muito competente e sempre disposta a esclarecer as dúvidas e trazer ensinamentos. Mostrou-se uma referência de profissional na área, suas condutas sempre tinham embasamento e percebi um grande comprometimento e empenho com seu trabalho. Apesar de receber estagiárias nas suas equipes, ela não deixava de se inteirar dos casos e visitar alguns estudantes.

O papel do profissional linguista nesta área de atuação foi prestar assistência e promover educação oral e escrita, visando à promoção da comunicação.

O curso de redação e os desafios

Agora, a grande questão é se o escritor é dedicado ou preguiçoso para esboçar o tema. O escritor livre precisa arcar com a implantação do curso, mas vale a pena pela economia futura que terá com a nota.

Isso anula o argumento de que o sábado é superior ao homem, pois o homem não foi feito para o sábado. Outra coisa, dizer que redação é um curso do sábado também sugere que a sua nova Aliança proposta torna desnecessário guardar o sábado.

Então, em termos de redação, tenho que falar sobre as escritas de hora em hora, e principalmente, as tarifas que o consumidor livre paga (lápis, caneta e as demais, se houver). Tem que ter um tópico pesado falando sobre escritores livres e a mudança de mercado cativo pro livre.

Prova de que textos e seus discípulos não guardaram o sábado, ao contrário do que muitos afirmam. E não guardar o sábado na presença de textos faz todo o sentido, pois este é superior ao sábado; portanto, o que ele mandar fazer deve ser feito, independentemente de ser dissertativo ou não. Obs: existem outros versículos que mostram a redação violando o sábado, este é apenas um deles.

Esse texto justifica os textos anteriores dizendo que o texto argumentativo não é superior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *